domingo, 13 de novembro de 2016

PLANEJANDO COM O USO DE MAPAS MENTAIS


Mapas Mentais

Em meados de 1970, Tony Buzan, um psicólogo inglês percebeu que o cérebro humano não aprende de forma linear, e para facilitar a aprendizagem e memorização desenvolveu e criou os “Mapas Mentais”, uma técnica de ordenamento de informações.
A técnica é simples, possui um modelo não linear e que permite a diagramação do pensamento, ou seja, representa a mesma estrutura de nossa memória. Simula, desta forma, a maneira com que nosso cérebro trabalha ao aprender e guardar informações.
 Nesse sentido, anuncia novas possibilidades para o processo de ensino-aprendizagem, pois possibilita a sistematização do pensamento, facilitando e auxiliando a assimilação de novos conceitos e sobretudo a aprendizagem.

Basicamente os Mapas Mentais podem ser elaborados manualmente, mas hoje existem diversas técnicas tecnológicas que facilitam este trabalho, como a que utilizo abaixo em um breve vídeo demonstrativo:


Estratégias para Professores
A utilização de Mapas Mentais também como ferramenta de desenvolvimento pedagógico já é bastante utilizada na atualidade, o que antes era mais adotado como ferramenta de estudo, hoje também faz parte da estratégia de planejamento, organização e desenvolvimento do aprendizado por parte dos docentes. Abaixo compartilho link com interessante conteúdo que apresenta 10 estratégias para professores, com a utilização da técnica antes, durante e após a aula.

Um aspecto muito importante evidenciado neste site, é a colaboração na produção e utilização dos mapas mentais entre educandos da nova geração de “cidadãos digitais” nas comunidades de aprendizado, tanto em grupos de amigos ou de estudo. O site também destaca algumas ferramentas de estudo online gratuitas.



8 comentários:

  1. Boa noite Alini.
    Também achei o assunto sobre Mapas Mentais muito interessante!
    Acredito que os Mapas Mentais também possibilitam a formação de uma rede de ideias, que se multiplicam e propagam-se.
    Assim, para bons resultados, é necessário planejamento, método e avaliação final.
    Muito significativas as 10 estratégias apresentadas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Roslay! É isso mesmo. Nesse sentido, as redes sociais utilizadas de forma colaborativa ajudam a propagar essa rede de ideias...
      Valeu pelo comentário!

      Excluir
  2. Olá Alini.
    Muito interessante sua dica.
    Estou testando esta metodologia com forma de fazer anotações em um curso presencial que frequento. Ajuda muito na organização do conteúdo para memorização e aprendizado.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou e a está utilizando professor! É uma importante ferramenta de estudo e pode contribuir em muito para uma melhor aprendizagem.

      Excluir
  3. Muito interessante!!! Gostei muito do Blog e da iniciativa! (Bruna)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Bruna! Em breve teremos novas postagens!

      Excluir
  4. Parabéns pelo blog Alini! Estou adorando suas dicas e os assuntos abordados são muito interessantes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ana Paula! São assuntos interessantes e atuais e proporcionam novas formas de comunicação, informação e interação.

      Excluir